Pacaembu ficará fechado para reforma por dois anos

01:29 Geral, Notícias 17/09/2019 - 14h44 São Paulo Embed

Nelson Lin

O tradicional estádio Pacaembu, que fica na zona oeste da capital pode ficar dois anos fechado para reformas. A prefeitura assinou o contrato de concessão do estádio nessa segunda feira com  o Consórcio Patrimonio SP por 35 anos. O concessionário venceu o certame apresentando a proposta de 115 milhões pela outorga.


Entre as novidades previstas está a demolição da área das arquibancadas conhecida como Tobogã para a construção de um edifício comercial de 9 andares, com 4 andares no subsolo e também a construção um centro de convencoes para ate duas mil e quinhentas pessoas. A ideia é, além de aproveitar o Pacaembu para jogos de futebol, transformá-lo num centro de lazer, entretenimento e serviços.

 

Também estão previstas reformas na infra estrutura relacionada à acessibilidade, na sinalização e comunicação visual, nos sistemas elétricos, hidráulicos e de telecomunicações. E de acordo com o contrato da prefeitura com o consórcio, a piscina e pista de atletismo seguirão abertas e gratuitas para o público geral.

 

Construído em 1938, o estádio do Pacaembu recebeu jogos da copa do mundo de 50 e é o um dos cartões postais da capital paulista. Atualmente tem capacidade para 40 mil pessoas e abriga além do estádio, um ginásio poliesportivo, piscinas, quadras de tenis e o museu do futebol.

Dê sua opinião sobre a qualidade do conteúdo que você acessou.

Para registrar sua opinião, copie o link ou o título do conteúdo e clique na barra de manifestação.

Você será direcionado para o "Fale com a Ouvidoria" da EBC e poderá nos ajudar a melhorar nossos serviços, sugerindo, denunciando, reclamando, solicitando e, também, elogiando.

Denúncia Reclamação Elogio Sugestão Solicitação Simplifique