PM alerta para conselhos de segurança compartilhados nas redes sociais; orientação é não reagir

01:43 Geral, Notícias 21/09/2019 - 15h00 Brasília Embed

Beatriz Evaristo

É comum receber nas redes sociais depoimentos de pessoas que reagiram a tentativa de assalto, quando esperavam, dentro do carro, pela abertura do sinal vermelho do semáforo ou enquanto uma pessoa passavam por faixa de pedestre. Fazem uma narrativa vitoriosa, contam suas façanhas e saem dando conselhos de como se evitar assaltos em momentos como estes.

 

O Tenente Coronel da Polícia Militar do DF, Marcos Antunes, explica que essas narrativas geralmente não tem fundamento técnico científico, não levam em conta a experiência pessoal de quem passou por aquele momento, se estava preparado, se conseguiu evitar por sorte, e não avalia as consequências de sair espalhando esses conselhos pelas redes sociais sem saber o perfil de quem vai receber a mensagem.

 

Ele explica que ao parar numa faixa de pedestre ou num semáforo, a pessoa deve ficar atenta e nunca consultar o celular pois isso desvia a atenção, e, em caso de uma abordagem não reagir.

 

Também há relatos de mulheres que utilizaram os serviços de motoristas de aplicativos e não se sentiram seguras pelos mais variados motivos.

 

Nestes casos o O Tenente Coronel PM orienta que a pessoa ao contratar esse tipo de serviço, deve, ao entrar no carro, ligar para um parente ou um amigo, e falar que para onde vai, quanto tempo deverá demorar, e dar as características do veículo que embarcou.

Dê sua opinião sobre a qualidade do conteúdo que você acessou.

Para registrar sua opinião, copie o link ou o título do conteúdo e clique na barra de manifestação.

Você será direcionado para o "Fale com a Ouvidoria" da EBC e poderá nos ajudar a melhorar nossos serviços, sugerindo, denunciando, reclamando, solicitando e, também, elogiando.

Denúncia Reclamação Elogio Sugestão Solicitação Simplifique