Presidente despacha no Palácio da Alvorada

01:52 Geral, Notícias 17/09/2019 - 14h16 Brasília Embed

Sayonara Moreno

O Presidente Jair Bolsonaro continua de repouso e já recebeu a visita do Ministro de Justiça e Segurança Pública, Sérgio Moro, que veio por volta das nove horas da manhã e esteve com o presidente por quarenta minutos. Também houve visita do Ministro da Secretaria Geral da Presidência, Jorge Oliveira.

 

Jair Bolsonaro veio ontem para Brasília, depois de passar nove dias no Hospital Vila Nova Star, em São Paulo, onde foi submetido a uma cirurgia de correção de hérnia em duas cicatrizes. Estava previsto que Hamilton Mourão, o vice-presidente, continuasse como Presidente Interino até amanhã, quarta-feira, mas com a alta de Bolsonaro, ele reassume a Presidência da república.

 

E Bolsonaro já volta à ativa, apesar dos cuidados com a saúde, com prazo vencendo para decisões importantes. Entre elas, a sanção de três leis, que ele deve assinar ainda hoje, aqui mesmo no palácio da Alvorada: um deles, é o PL já aprovado no congresso, que autoriza a posse de arma de fogo a proprietários de imóveis em áreas rurais, incluindo todo o território da propriedade.

 

Outro projeto de lei é o que obriga agressores de mulheres, enquadrados na Lei Maria da Penha, a arcar com os custos do SUS, Sistema Único de Saúde, caso a vítima tenha sido atendida pela rede de saúde. Também termina o prazo hoje, para o presidente sancionar a lei que autoriza a mães que realizam concurso público, a amamentarem os filhos de até seis meses de idade, a cada duas horas, por até 30 minutos.

 

O Palácio do Planalto confirmou que Bolsonaro vai sancionar a lei da posse de arma em propriedades rurais, Às duas da tarde. Lembrando que se Jair Bolsonaro não assinar alguma das leis, os textos podem ser promulgados pelo presidente do Senado, Davi Alcolumbre.

Dê sua opinião sobre a qualidade do conteúdo que você acessou.

Para registrar sua opinião, copie o link ou o título do conteúdo e clique na barra de manifestação.

Você será direcionado para o "Fale com a Ouvidoria" da EBC e poderá nos ajudar a melhorar nossos serviços, sugerindo, denunciando, reclamando, solicitando e, também, elogiando.

Denúncia Reclamação Elogio Sugestão Solicitação Simplifique