Presidente diz que vai defender a soberania nacional na ONU

02:30 Geral, Notícias 19/09/2019 - 21h03 Brasília Embed

Victor Ribeiro

O presidente Jair Bolsonaro disse, nesta quinta-feira, que pretende defender a soberania nacional no discurso de abertura da Assembleia Geral das Nações Unidas, na próxima terça-feira, em Nova Iorque.

 

Em uma transmissão ao vivo pelas redes sociais, Bolsonaro condenou os ataques a instalações de petróleo na Arábia Saudita. O presidente disse que, antes mesmo de a Petrobras anunciar o aumento nos preços da gasolina e do diesel, vários postos de combustível fizeram reajustes. E prometeu investigar se os consumidores são vítimas de um cartel.

 

Na transmissão, Jair Bolsonaro recebeu o diretor de Biocombustíveis do Ministério de Minas e Energia, Miguel Ivan de Oliveira. Eles falaram sobre o programa RenovaBio, criado em 2017, regulamentado no ano passado, mas que só deve entrar em vigor plenamente no começo do ano que vem.


É um conjunto de medidas para incentivar o uso de biocombustíveis e reduzir as emissões de carbono na atmosfera. De acordo com Miguel Ivan, o programa vai retirar da atmosfera 700 milhões de toneladas de carbono, o que equivale ao plantio de cinco bilhões de árvores.

 

Atenta aos benefícios do RenovaBio, a Toyota anunciou que pretende recuperar parte do parque industrial montado na cidade de Sorocaba, em São Paulo. E deve reabrir 300 dos 740 postos de trabalho fechados no mês passado. A montadora de carros japonesa quer produzir, a partir de 2021, veículos híbridos. São carros elétricos e também movidos a etanol.

Dê sua opinião sobre a qualidade do conteúdo que você acessou.

Para registrar sua opinião, copie o link ou o título do conteúdo e clique na barra de manifestação.

Você será direcionado para o "Fale com a Ouvidoria" da EBC e poderá nos ajudar a melhorar nossos serviços, sugerindo, denunciando, reclamando, solicitando e, também, elogiando.

Denúncia Reclamação Elogio Sugestão Solicitação Simplifique