Veredito do Crime da 113 Sul deve ser conhecido nesta terça-feira

01:11 Geral, Notícias 30/09/2019 - 06h01 Brasília Embed

Victor Ribeiro

O julgamento da arquiteta Adriana Villela, previsto para terminar na semana passada, só deve ser concluído nesta semana. A expectativa é de que os sete jurados que compõem o júri anunciem o veredito a partir desta terça-feira.

 


Adriana é acusada de ser a mandante de um crime de triplo homicídio. No dia 28 de agosto de 2009, o ministro aposentado do Tribunal Superior Eleitoral José Guilherme Villela e a esposa dele, a advogada Maria Villela, pai e mãe de Adriana, foram mortos junto com a empregada Francisca Nascimento Silva.

 


Conhecido como “O Crime da 113 Sul”, os assassinatos ocorreram dentro do apartamento do casal, na Asa Sul, bairro nobre de Brasília.

 

 

O julgamento, conduzido pelo juiz titular da Vara do Tribunal do Júri da capital, Paulo Rogério Giordano, começou na segunda-feira passada, se estendeu ao longo do fim de semana e já é considerado o mais longo feito pela Justiça do Distrito Federal.

 


O advogado Antônio Carlos de Almeida Castro, que representa Adriana Villela, afirma que materiais apresentados pela defesa comprovam que a ré não estava em Brasília durante a execução do crime.

Dê sua opinião sobre a qualidade do conteúdo que você acessou.

Para registrar sua opinião, copie o link ou o título do conteúdo e clique na barra de manifestação.

Você será direcionado para o "Fale com a Ouvidoria" da EBC e poderá nos ajudar a melhorar nossos serviços, sugerindo, denunciando, reclamando, solicitando e, também, elogiando.

Denúncia Reclamação Elogio Sugestão Solicitação Simplifique