Vítimas de apagão no AM poderão entrar na Justiça sem sair de sua cidade

01:26 Geral, Notícias 05/09/2019 - 14h51 Brasília Embed

Sâmia Mendes

Os moradores de Iranduba e Manacapuru, no Amazonas, que tiveram bens danificados em apagão poderão entrar com ações indenizatórias contra a concessionária Amazonas Energia sem ter que sair de suas cidades.

 

Em julho, um apagão afetou a vida de cerca de 200 mil moradores dessas duas cidades, provocando prejuízo a centenas deles.

 

As equipes do Programa da Defensoria Pública Itinerante do estado estarão em Iranduba entre os dias 9 e 11 de setembro para ouvir as reclamações dos moradores e entrar com ações de perdas e danos.

 

Em seguida, os defensores públicos seguem para Manacapuru onde atenderão os moradores entre os dias 12 e 14.

 

Segundo a Defensoria Pública, o apagão durou mais de uma semana por causa do rompimento do cabo subaquático que leva energia a região.

 

Durante esse tempo, a população ficou desabastecida de energia elétrica e de água potável, o que gerou grandes transtornos e prejuízos como a perda de alimentos, mercadorias dos comerciantes e eletroeletrônicos danificados.

Dê sua opinião sobre a qualidade do conteúdo que você acessou.

Para registrar sua opinião, copie o link ou o título do conteúdo e clique na barra de manifestação.

Você será direcionado para o "Fale com a Ouvidoria" da EBC e poderá nos ajudar a melhorar nossos serviços, sugerindo, denunciando, reclamando, solicitando e, também, elogiando.

Denúncia Reclamação Elogio Sugestão Solicitação Simplifique