Ex-secretários de Educação do Acre são denunciados por fraude em licitação

01:36 Geral, Notícias 08/10/2019 - 17h25 Brasília Embed

Renata Martins

O Ministério Público do Estado do Acre entrou na Justiça contra o ex-secretário estadual de Educação, Marco Antônio Brandão, o ex-secretário estadual adjunto de Educação, José Alberto Nunes, e a Buriti Serviços Empresariais S/A, por fraude em licitação pública.

 

A denúncia faz referência a contratação da Buriti sem licitação para realizar serviço de vigilância eletrônica – prestado pela empresa durante a gestão passada da Secretaria de Educação do Acre.

 

De acordo com os promotores, os acusados atuaram para o fracasso da licitação para que em seguida a Buriti Serviços fosse contratada diretamente por dispensa de licitação.

 

Entre as irregularidades, o Ministério Público identificou a ausência de divulgação do valor estimado do contrato e um prazo inferior a 24 horas para que as empresas interessadas formulassem propostas para a prestação do serviço.

 

A investigação apontou indícios de que a empresa vencedora estava ciente da contratação por dispensa antes da pesquisa por e-mail.

 

Marco Brandão informou que nem ele nem José Alberto Nunes foram notificados e que não tem conhecimento da denúncia.

 

A Buriti Serviços Empresariais S/A informou que só vai se pronunciar sobre a denúncia somente na próxima semana e por meio do advogado.

Dê sua opinião sobre a qualidade do conteúdo que você acessou.

Para registrar sua opinião, copie o link ou o título do conteúdo e clique na barra de manifestação.

Você será direcionado para o "Fale com a Ouvidoria" da EBC e poderá nos ajudar a melhorar nossos serviços, sugerindo, denunciando, reclamando, solicitando e, também, elogiando.

Denúncia Reclamação Elogio Sugestão Solicitação Simplifique