IPTU deve ficar 3,28% mais caro no Distrito Federal

01:30 Geral, Notícias 31/10/2019 - 15h53 Brasília Embed

Paula de Castro

O governo do Distrito Federal definiu a base de cálculo para cobrança de IPTU e IPVA em 2020. Os valores estão em processo de envio para a Câmara Legislativa, que tem até o dia 15 de dezembro para devolver ao Executivo para sanção.


Os valores do IPVA permanecem os mesmos de 2019, reajustados apenas com o valor de mercado dos veículos conforme a tabela da Fipe, a Fundação Instituto de Pesquisas Econômicas.


Já o IPTU terá uma atualização monetária de 3,28% sobre o valor de 2019 do terreno e metro quadrado construído, seguindo a variação do INPC, Índice Nacional de Preços ao Consumidor, registrada no período de setembro de 2018 a agosto de 2019.


Com isso, o GDF estima uma receita de mais de R$ 937 milhões com o IPTU. Já o IPVA deve render aos cofres do Governo cerca de R$ 1,1 bilhão.


São tributados no Distrito Federal mais de um 1,2 milhão de veículos e cerca de 920 mil imóveis.  Em 2019, 14% dos veículos ainda estão inadimplentes no pagamento do IPVA. No IPTU, o número de inadimplentes é maior, registrando 28% dos imóveis em atraso, mas ainda falta a sexta e última parcela.

Dê sua opinião sobre a qualidade do conteúdo que você acessou.

Para registrar sua opinião, copie o link ou o título do conteúdo e clique na barra de manifestação.

Você será direcionado para o "Fale com a Ouvidoria" da EBC e poderá nos ajudar a melhorar nossos serviços, sugerindo, denunciando, reclamando, solicitando e, também, elogiando.

Denúncia Reclamação Elogio Sugestão Solicitação Simplifique