Juiz libera leilão de blocos de petróleo em Abrolhos, mas faz exigências para evitar riscos

01:29 Geral, Notícias 10/10/2019 - 19h53 Brasília Embed

Adalto Gouveia

Uma liminar contra o leilão de blocos de petróleo na região do Parque Nacional de Abrolhos, na Bahia, foi deferida, em partes, pelo juiz da 21ª vara do Distrito Federal, Rolando Valcir Spanholo.

 

A ação foi protocolada pelos senadores Randolfe Rodrigues e Fabiano Contarato, que fazem parte da Comissão do Meio Ambiente do Senado.

 

No documento, Spanholo manteve o leilão, mas determinou que a Justiça seja comunicada sobre o andamento de todas as etapas da licitação.

 

O juiz determinou ainda que o Ibama exija, no momento do eventual licenciamento ambiental das atividades exploratórias, as condições compatíveis com a natureza da região do Parque Nacional de Abrolhos.

 

Além disso, não deve ser concedida sem a Licença de Operação na região dos blocos sem que haja prévia conclusão do estudo técnico recomendado pela equipe do Ibama.

 

Na decisão, o magistrado definiu também que os senadores verifiquem o processo licitatório e fiscalizem as empresas responsáveis pela área.

 

De acordo com a Agência Nacional de Petróleo, até o momento, nenhuma oferta foi feita pelas regiões próximas a Abrolhos.

 

O governo já arrecadou R$ 8,9 bilhões com a venda de 12 dos 36 blocos de exploração.

Dê sua opinião sobre a qualidade do conteúdo que você acessou.

Para registrar sua opinião, copie o link ou o título do conteúdo e clique na barra de manifestação.

Você será direcionado para o "Fale com a Ouvidoria" da EBC e poderá nos ajudar a melhorar nossos serviços, sugerindo, denunciando, reclamando, solicitando e, também, elogiando.

Denúncia Reclamação Elogio Sugestão Solicitação Simplifique