PF faz operação contra grupo especializado em fraudes em licitações no Maranhão

01:45 Geral, Notícias 24/10/2019 - 20h00 Brasília Embed

Bianca Paiva

A Polícia Federal deflagrou, nesta quinta-feira, a segunda fase da Operação Arauto, desta vez, o foco na atuação de uma organização criminosa responsável por fraudar um processo licitatório destinado a contratar uma empresa para prestar apoio técnico à implementação e à fiscalização de obras do Programa Viva Maranhão, na capital São Luís. 

 

O contrato teve aporte de recurso do Proinveste, Programa de Apoio ao Investimento dos Estados e Distrito Federal, do BNDES, o Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social .

 

Foram expedidos quatro mandados de prisão temporária e cinco de busca e apreensão em São Luís e ainda nas cidades de Curitiba, no Paraná, e Porto Velho, Rondônia. A justiça também determinou o sequestro de bens e valores de aproximadamente R$112 milhões.

 

As investigações contam com a participação da CGU, a Controladoria Geral da União, no Amapá, estado onde foi realizada a primeira fase da Operação Arauto, em setembro 2018.

 

O material apreendido revelou que integrantes da associação criminosa, por meio de duas empresas de consultoria previamente ajustadas, firmaram um consórcio para participar da licitação na capital maranhense, como também atuaram diretamente na elaboração do edital do certame.

 

Os acusados poderão responder pelos crimes de associação criminosa, fraude em licitação e peculato. Caso sejam condenados, poderão cumprir pena de até 31 anos reclusão.

 

Em nota, a Secretaria de Estado de Planejamento e Orçamento do Maranhão informou que a licitação investigada foi realizada em gestão anterior e que o contrato já se encerrou.

Dê sua opinião sobre a qualidade do conteúdo que você acessou.

Para registrar sua opinião, copie o link ou o título do conteúdo e clique na barra de manifestação.

Você será direcionado para o "Fale com a Ouvidoria" da EBC e poderá nos ajudar a melhorar nossos serviços, sugerindo, denunciando, reclamando, solicitando e, também, elogiando.

Denúncia Reclamação Elogio Sugestão Solicitação Simplifique