PF volta a município da Amazônia Legal onde há extração ilegal de ouro

01:10 Geral, Notícias 07/10/2019 - 11h42 Brasília Embed

Lucas Pordeus León

Cerca de 160 policiais federais iniciaram nesta segunda-feira (7) uma operação para combater o garimpo ilegal no município de Aripuanã, no Mato Grosso. Também participam da ação servidores do Instituto Brasileiro do Meio Ambiente e dos Recursos Naturais Renováveis (Ibama) e forças de segurança do estado.

 

Esta é a segunda fase da Operação Trypes, da Polícia Federal, com objetivo de desarticular suposta organização criminosa responsável pela extração e venda ilegal de ouro na Amazônia Legal.

 

Na primeira fase, deflagrada no final de setembro, os policiais prenderam suspeitos, bloquearam contas e cumpriram mandados de busca e apreensão em cinco municípios de Mato Grosso.

 

Segundo a PF, a investigação aponta para um articulado esquema de lavagem de dinheiro, envolvendo a emissão de documentos falsos. A polícia argumenta que, além do impacto ambiental na região, o garimpo ilegal tem causado aumento do índice de homicídios, tráfico de drogas e prostituição no município de Aripuanã.

 

A ação das autoridades contra o garimpo ilegal em Mato Grosso deve durar toda a semana.

Dê sua opinião sobre a qualidade do conteúdo que você acessou.

Para registrar sua opinião, copie o link ou o título do conteúdo e clique na barra de manifestação.

Você será direcionado para o "Fale com a Ouvidoria" da EBC e poderá nos ajudar a melhorar nossos serviços, sugerindo, denunciando, reclamando, solicitando e, também, elogiando.

Denúncia Reclamação Elogio Sugestão Solicitação Simplifique