Turistas que viajariam para praias afetadas por petróleo têm direito a adiamento, diz Procon SP

00:58 Geral, Notícias 14/10/2019 - 18h26 Brasília Embed

Leandro Martins

Consumidores que tenham comprado pacotes de viagem ou hospedagem para as praias do Nordeste que foram afetadas pela mancha de óleo têm o direito de cancelar ou remarcar a reserva, sem a necessidade de pagar multa.

 

Para isso, segundo orientação da Fundação Procon de São Paulo, o consumidor deve entrar em contato com a empresa contratada e pedir o cancelamento ou a remarcação.

 

As manchas de óleo têm poluído o litoral do Nordeste brasileiro desde o início de setembro, mas já foram notadas no final de agosto. Desde então, a substância escura e pegajosa se espalhou pelos nove estados do Nordeste.

 

Segundo a Associação Brasileira de Agências de Viagens, se há realmente uma macha de óleo que prejudicará o turista de qualquer forma, a viagem tem que ser reagendada ou até mesmo cancelada.

Dê sua opinião sobre a qualidade do conteúdo que você acessou.

Para registrar sua opinião, copie o link ou o título do conteúdo e clique na barra de manifestação.

Você será direcionado para o "Fale com a Ouvidoria" da EBC e poderá nos ajudar a melhorar nossos serviços, sugerindo, denunciando, reclamando, solicitando e, também, elogiando.

Denúncia Reclamação Elogio Sugestão Solicitação Simplifique