Conselho de Política Indigenista é criado no Pará

02:03 Geral, Notícias 12/11/2019 - 20h21 Brasília Embed

Bianca Paiva

Indígenas do Pará contam agora com um Conselho Estadual de Política Indigenista, que recebeu o nome de Consepi. Por meio dele, os povos tradicionais terão um canal de diálogo com o governo para discutir demandas e políticas públicas para as comunidades, como ressalta o governador Helder Barbalho.


“Nós temos no Pará mais de 70 mil índios, que merecem ter acesso a políticas públicas, aos seus direitos. E o que nós desejamos com esse conselho é exatamente que o governo esteja em sintonia, ouvindo de forma plural todas as demandas, para que possamos construir políticas públicas que efetivamente protejam e garantam os direitos de cada comunidade”.


Sérgio Tembé, liderança da etnia Tembé, destaca a importância desse espaço para discutir as necessidades diferenciadas dos povos indígenas.


“A gente está falando como é nossa cultura. É uma cultura diferente, uma religião diferente, uma realidade diferente. Então a gente sente uma dificuldade muito grande. Acredito que com essa posse do Conselho vai facilitar muita coisa para o nosso povo”.


O indígena Paulinho Paiakan também comemorou a criação do Conselho.


“Conselho criado dentro do governo é importante, porque antes não tinham essas instituições dentro do governo para os indígenas. E vem acontecendo coisas que vêm prejudicando as populações indígenas. Por isso o Conselho vai ser importante para todos nós”.


O Conselho Estadual de Política Indigenista do Pará será liderado pela Secretaria de Estado de Justiça e Direitos Humanos.


O Consepi foi instalado oficialmente, nessa segunda-feira, com a nomeação de 38 representantes de diversas secretarias do governo paraense, órgãos públicos, além de indígenas e instituições indigenistas. Eles vão cumprir mandato de dois anos.

Dê sua opinião sobre a qualidade do conteúdo que você acessou.

Para registrar sua opinião, copie o link ou o título do conteúdo e clique na barra de manifestação.

Você será direcionado para o "Fale com a Ouvidoria" da EBC e poderá nos ajudar a melhorar nossos serviços, sugerindo, denunciando, reclamando, solicitando e, também, elogiando.

Denúncia Reclamação Elogio Sugestão Solicitação Simplifique