Em Roraima, servidor que ganha até dois salários mínimos poderá participar de casamento coletivo

01:27 Geral, Notícias 07/11/2019 - 09h03 Brasília Embed

Dayana Vítor

Se você é servidor público do estado de Roraima com renda familiar de até dois salários-mínimos, pouco mais R$ 1,9 mil, e tem interesse em casar sem pagar nada, o governo roraimense vai promover um casamento coletivo no dia 4 de dezembro.

 

Quem tiver interesse, pode fazer sua pré-inscrição pela internet no site do governo até a próxima sexta-feira, dia 8 de novembro. São cinquenta vagas nesta edição.


Após essa etapa, os candidatos devem comparecer a sede da Secretaria de Trabalho e Bem-Estar Social, localizada na Avenida Homem de Melo, número 2310, no bairro Mecejana, das 9h às 12h, e das 14h às 16h para confirmar suas inscrições. É necessário levar os documentos pessoais.


Até antes do dia 4 de dezembro, os inscritos no Casamento Coletivo vão participar de oficinas e encontro de casais.

 

A iniciativa tem como objetivo legalizar a união de casais, proporcionando cerimônia e festa.

 

Na primeira edição do projeto, 100 casais participaram do evento.

 

Dê sua opinião sobre a qualidade do conteúdo que você acessou.

Para registrar sua opinião, copie o link ou o título do conteúdo e clique na barra de manifestação.

Você será direcionado para o "Fale com a Ouvidoria" da EBC e poderá nos ajudar a melhorar nossos serviços, sugerindo, denunciando, reclamando, solicitando e, também, elogiando.

Denúncia Reclamação Elogio Sugestão Solicitação Simplifique