Mulher acusada de aplicar "Boa Noite, Cinderela" em boate de alto padrão é presa em São Paulo

01:58 Geral, Notícias 11/11/2019 - 21h35 São Paulo Embed

Eliane Gonçalves

A Operação Morfeu prendeu uma mulher de 23 anos acusada de praticar o golpe conhecido como Boa Noite Cinderela, quando a vítima é dopada com droga, geralmente colocada na bebida.


Ela foi identificada pelos investigadores após aplicar o golpe contra um executivo de 36 anos que frequentava uma boate no Itaim Bibi, bairro nobre da capital paulista.


A polícia divulgou uma gravação feita com câmeras de monitoramento que mostra o casal deixando a casa noturna.


Segundo o delegado Fábio Daré, da Equipe de Intervenção Estratégica, a droga deixou o homem completamente dopado.


Depois de sair da boate, a mulher teria usado o celular da vítima para fazer um empréstimo bancário no valor de R$ 30 mil, além de compras e transferências bancárias. Os valores foram transferidos para contas bancárias de outras pessoas. Depois do golpe, o homem foi deixado em um ponto de ônibus na Avenida Paulista. 

 

Seis homens são apontados como comparsas no crime, mas vão responder as acusações em liberdade.


50 policiais participaram da ação. O mandado de prisão autorizado pela justiça é temporário e a mulher vai ficar presa por cinco dias, mas a polícia confirmou que vai pedir na Justiça que a prisão seja convertida em preventiva, ou seja, sem prazo para liberação da suspeita.


A mulher vai responder por roubo circunstanciado.

Dê sua opinião sobre a qualidade do conteúdo que você acessou.

Para registrar sua opinião, copie o link ou o título do conteúdo e clique na barra de manifestação.

Você será direcionado para o "Fale com a Ouvidoria" da EBC e poderá nos ajudar a melhorar nossos serviços, sugerindo, denunciando, reclamando, solicitando e, também, elogiando.

Denúncia Reclamação Elogio Sugestão Solicitação Simplifique