OAS firma acordo de leniência para devolver quase R$ 2 bilhões à União até 2047

01:12 Geral, Notícias 14/11/2019 - 16h28 Brasília Embed

Lucas Faria

O grupo OAS, do ramo da construção civil, assinou nesta quinta-feira acordo de leniência com a Advocacia-Geral da União e a Controladoria-Geral da União. A empresa terá que devolver quase R$ 2 bilhões aos cofres públicos.


Os valores pagos pela OAS correspondem ao ressarcimento dos danos aos cofres da União, a devolução do enriquecimento ilícito e pagamento de multa.


De acordo com o governo, o grupo pode pagar o valor até 2047, com correção da taxa Selic, hoje em 5% ao ano. Isso porque a empresa passa por recuperação judicial, o que permite parcelas anuais com valores menores nos primeiros anos de pagamento.


A OAS, em contrapartida, fica habilitada para fechar novos contratos com os governos federal, estadual e municipal. Caso descumpra a determinação, a empresa não poderá ser contratada pela administração pública e ficará proibida de firmar novos contratos de leniência por três anos.


Este foi o 11º acordo entre o governo e as empresas investigadas na operação Lava Jato. Ao todo, R$ 13 bilhões já foram devolvidos à União.

Dê sua opinião sobre a qualidade do conteúdo que você acessou.

Para registrar sua opinião, copie o link ou o título do conteúdo e clique na barra de manifestação.

Você será direcionado para o "Fale com a Ouvidoria" da EBC e poderá nos ajudar a melhorar nossos serviços, sugerindo, denunciando, reclamando, solicitando e, também, elogiando.

Denúncia Reclamação Elogio Sugestão Solicitação Simplifique