Governo avalia como baixa possibilidade de greve dos caminhoneiros

02:19 Geral, Notícias 09/12/2019 - 22h03 Brasília Embed

Lucas Faria

Governo Brasileiro avalia como baixa a possibilidade de uma nova greve dos caminhoneiros.

 

Em conversa com os jornalistas, nesta segunda-feira,  o porta-voz da Presidência, Otavio Rêgo Barros afirmou que o presidente Jair Bolsonaro acredita que o impasse pode ser resolvido por meio do diálogo.


Sobre o projeto de lei que altera o Código de Trânsito Brasileiro, que deve ser votado esta semana pelo plenário da Câmara dos Deputados, Rêgo Barros afirmou que possíveis mudanças no texto serão recebidas com naturalidade pelo Palácio do Planalto.

 

A proposta, apresentada em junho pelo governo,  amplia a validade da Carteira Nacional de Habilitação (CNH) de cinco para 10 anos e aumenta de 20 para 40 o limite máximo de pontos que um motorista pode acumular ao longo de 12 meses em infrações de trânsito.



De acordo com Rêgo Barros, o presidente Bolsonaro entende que as propostas devem ser debatidas pelos parlamentares, mas faz um apelo para que a maioria delas seja preservada.
 

Para a posse do presidente argentino recém-eleito, Alberto Fernandez, nesta terça-feira (10), o Planalto decidiu enviar o Vice-Presidente, Hamilton Mourão.

 

Segundo Rêgo Barros, Bolsonaro entendeu como necessário enviar uma autoridade para valorizar o relacionamento comercial com a Argentina.

Dê sua opinião sobre a qualidade do conteúdo que você acessou.

Para registrar sua opinião, copie o link ou o título do conteúdo e clique na barra de manifestação.

Você será direcionado para o "Fale com a Ouvidoria" da EBC e poderá nos ajudar a melhorar nossos serviços, sugerindo, denunciando, reclamando, solicitando e, também, elogiando.

Denúncia Reclamação Elogio Sugestão Solicitação Simplifique