Em Brasília, vigilante diz à polícia que desferiu 5 das 48 facadas que mataram sua ex-namorada

02:27 Geral, Notícias 01/01/2020 - 13h11 Brasília Embed

Dayana Vítor

O vigilante Alan Fabiano Pinto de Jesus, de 45 anos, ex-namorado de Luciana de Melo Ferreira, de 49 anos, confessou que esfaqueou a vítima, à Polícia Civil. Ela morreu no dia 21 de dezembro, devido as 48 perfurações.

 

No entanto, Alan diz que sua intenção era reatar o namoro. Ele admitiu que desferiu apenas cinco facadas para se defender das agressões de Luciana. O delegado responsável pelo caso, Ricardo Viana, resume a confissão.

 

As investigações mostram que Alan fez uma emboscada para Luciana. Imagens da câmera de segurança do prédio em que ela morava revelam, que o agressor possuía algum objeto na mão, antes de entrar na residência da vítima. O delegado destacou que Alan já respondia a processos, devido a comportamentos agressivos contra à vítima.

 

Alan também admitiu que permaneceu no apartamento de Luciana, 30 minutos após as perfurações e que ela continuava viva. Ainda confirmou que levou a bolsa e outros pertences da vítima e os descartou no trajeto até a casa da ex-esposa em Santa Maria 2.

 

Alan foi internado no dia 22 de dezembro no Hospital de Base com algumas lesões por objeto cortantes. Ele está preso no local e vai responder por homicídio qualificado por feminicídio e ocultação de objetos para dificultar a investigação do crime.

Dê sua opinião sobre a qualidade do conteúdo que você acessou.

Para registrar sua opinião, copie o link ou o título do conteúdo e clique na barra de manifestação.

Você será direcionado para o "Fale com a Ouvidoria" da EBC e poderá nos ajudar a melhorar nossos serviços, sugerindo, denunciando, reclamando, solicitando e, também, elogiando.

Denúncia Reclamação Elogio Sugestão Solicitação Simplifique