Ex-subsecretário de Saúde do Rio é preso pela Polícia Federal

01:26 Geral, Notícias 17/01/2020 - 10h34 Rio de Janeiro Embed

Cynthia Cruz

A Polícia Federal prendeu, nessa quinta-feira (15) ex-subsecretário de Saúde do estado do Rio de Janeiro, Cesar Romero, por descumprimento do acordo de colaboração premiada firmado com a Justiça.

 

 

Segundo o Ministério Público Federal, além da prisão preventiva, foram apreendidos celulares e computadores no endereço profissional do colaborador, no centro da capital fluminense.

 


A procuradoria disse que, ao celebrar um novo acordo de colaboração premiada, recebeu provas de que o ex-subsecretário violou o dever de sigilo durante as tratativas do acordo, tendo negociado o recebimento de valores de outros investigados.

 

 

Em troca, ele não teria reportado às autoridades os crimes nos quais estes estariam envolvidos. Para o MPF, a conduta do colaborar também configura o crime de obstrução de justiça. 

 

O acordo foi firmado em março de 2017 e contribuiu para as investigações das operação Fratura Exposta, desdobramento da Lava Jato que apurou um esquema de corrupção na área de saúde, durante a gestão do então secretário Sérgio Côrtes, no governo de Sérgio Cabral. Cesar Romero estava com viagem marcada para os Estados Unidos e embarcaria ontem.

Dê sua opinião sobre a qualidade do conteúdo que você acessou.

Para registrar sua opinião, copie o link ou o título do conteúdo e clique na barra de manifestação.

Você será direcionado para o "Fale com a Ouvidoria" da EBC e poderá nos ajudar a melhorar nossos serviços, sugerindo, denunciando, reclamando, solicitando e, também, elogiando.

Denúncia Reclamação Elogio Sugestão Solicitação Simplifique