Festa de abertura do Carnaval 2020 no RJ termina com 85 ocorrências

02:38 Geral, Notícias 13/01/2020 - 17h26 Rio de Janeiro Embed

Cynthia Cruz

A Secretaria de Polícia Civil do Rio de Janeiro divulgou balanço das ocorrências registradas nesse domingo (12), após a abertura do carnaval carioca de 2020, na orla de Copacabana.

 

A festa terminou com 28 presos em flagrante, pelos crimes de tráfico de drogas, roubo e furto. Foram cumpridos ainda um mandado de prisão e dois de  busca e apreensão de menores. Do meio-dia até à meia-noite houve um total de 85 ocorrências relativas a crimes durante o evento, muitos deles relatados nas redes sociais.

 

Uma confusão generalizada marcou o fim da festa. O tumulto começou na dispersão do show na praia e se espalhou pelas ruas do bairro, quando a multidão tentava escapar do efeito de bombas de gás lacrimogênio. De acordo com a Guarda Municipal, durante a dispersão, “uma equipe foi atacada por ambulantes e foliões, que atiraram garrafas de vidro, pedras e outros objetos, quando os agentes atuavam para a liberação das vias.

 

Um agente foi levemente ferido e a equipe precisou usar equipamentos de menor potencial ofensivo para conter o tumulto nas proximidades do Hotel Copacabana Palace, ponto onde estava montado o palco do show. A operação especial para a Abertura do Carnaval no Rio reuniu 231 agentes, atuando no patrulhamento e nas ações de controle e fiscalização de trânsito.

 


Por causa da confusão, policiais militares atuaram em apoio aos guardas municipais. Segundo a Secretaria de Estado da Polícia Militar, um PM atingido na cabeça por uma garrafa lançada por pessoas que estavam no local, precisou de atendimento médico, mas logo depois foi liberado.

 

Em nota, o Ministério Público do Rio de Janeiro informou que teve negado, por duas instâncias judiciais, o pedido de suspensão da apresentação do Bloco da Favorita, ponto alto da festa,  encaminhado pela 1ª Promotoria de Justiça de Tutela Coletiva de Defesa da Cidadania da Capital.

 

No evento, além de apresentações musicais, houve a eleição de Rei Momo, rainha e das princesas do Carnaval. Segundo estimativa da Riotur, a Empresa de Turismo do município, cerca de 300 mil pessoas participaram do evento. Também se apresentaram os cantores Sandra de Sá, Preta Gil e Tony Garrido.

Dê sua opinião sobre a qualidade do conteúdo que você acessou.

Para registrar sua opinião, copie o link ou o título do conteúdo e clique na barra de manifestação.

Você será direcionado para o "Fale com a Ouvidoria" da EBC e poderá nos ajudar a melhorar nossos serviços, sugerindo, denunciando, reclamando, solicitando e, também, elogiando.

Denúncia Reclamação Elogio Sugestão Solicitação Simplifique