Governo reforça segurança na fronteira depois da fuga de presos do Paraguai

01:05 Geral, Notícias 20/01/2020 - 09h21 Brasília Embed

Apresentação de Dilson Santa Fé

O Ministério da Justiça e Segurança Pública informou que reforçou o policiamento na fronteira com o Paraguai, com o uso de helicópteros e barreiras.

 

A medida foi tomada após a fuga de 75 prisioneiros da Penitenciária de Pedro Juan Caballero, que fica na fronteira com o país vizinho.

 

No grupo, há 40 brasileiros e 35 paraguaios. A maioria dos fugitivos é integrante do grupo criminoso Primeiro Comando da Capital - PCC.


O ministro da Justiça e Segurança Pública,  Sérgio Moro, divulgou mensagem nas redes sociais sobre a fuga de presos no Paraguai.

 

O ministro Sergio Moro informou que o Brasil à disposição também para ajudar o Paraguai na recaptura desses criminosos. Sergio Moro afirmou que o Paraguai tem sido um grande parceiro na luta contra o crime.

 

O ministro informou que o Brasil está trabalhando junto com as forças estaduais para impedir a reentrada no Brasil dos criminosos que fugiram de prisão do Paraguai.

 

O ministro finalizou a mensagem dizendo que Se esses presos voltarem ao Brasil, ganham passagem só de ida para presídio federal.

Dê sua opinião sobre a qualidade do conteúdo que você acessou.

Para registrar sua opinião, copie o link ou o título do conteúdo e clique na barra de manifestação.

Você será direcionado para o "Fale com a Ouvidoria" da EBC e poderá nos ajudar a melhorar nossos serviços, sugerindo, denunciando, reclamando, solicitando e, também, elogiando.

Denúncia Reclamação Elogio Sugestão Solicitação Simplifique