Governos dos estados da Amazônia adotam medidas para conter a transmissão do novo coronavírus

02:21 Geral, Notícias 20/03/2020 - 11h45 Brasília Embed

Sâmia Mendes

Além da suspensão das aulas em escolas da rede pública e privada; alguns estados proibiram as visitações a parques ecológicos e atividades em praças esportivas, estádios e ginásios.

 

Também há uma grande preocupação com relação ao fluxo de pessoas que utilizam o transporte fluvial.

 

No Amazonas, foram suspensos os serviços operados por embarcações de pequeno, médio ou grande porte, de qualquer natureza.

 

As exceções são os casos de emergência e urgência.

 

Já no Pará, os cerca de 30 mil passageiros que utilizam o Terminal Hidroviário de Passageiros e Cargas do município de Prainha serão monitorados.

 

E pensando em criar um barreira sanitária no estado, a partir das 9h deste sábado, está suspenso o trânsito interestadual de ônibus ou similares em todo o território do Maranhão.

 

Além disso, equipes da Vigilância Sanitária examinam passageiros que chegam de estados onde há contaminação comunitária, como Rio de Janeiro, São Paulo e Santa Catarina.

 

De acordo com o governo estadual, a medida não vale para regiões integradas ou metropolitanas que abranjam outro estado.

 

Também pensando no fluxo de pessoas que chegam ao estado, como medida preventiva à pandemia do novo coronavírus, em Macapá, no Amapá, passageiros que chegam no Aeroporto Internacional Alberto Alcolumbre, passam por triagem.

 

Ao desembarcar, é verificada a temperatura do passageiro; e, caso seja identificada esteja acima de 36,5 graus, ele é encaminhado para uma avaliação mais específica dos sintomas da doença.

 

E no Tocantins, para garantir o cumprimento dos decretos que estabelecem normas de prevenção ao novo coronavírus, as forças de segurança do estado vão realizar fiscalizações.

 

O protocolo de atuação dessa fiscalização na capital e no interior será definido nesta sexta-feira (20).

Dê sua opinião sobre a qualidade do conteúdo que você acessou.

Para registrar sua opinião, copie o link ou o título do conteúdo e clique na barra de manifestação.

Você será direcionado para o "Fale com a Ouvidoria" da EBC e poderá nos ajudar a melhorar nossos serviços, sugerindo, denunciando, reclamando, solicitando e, também, elogiando.

Denúncia Reclamação Elogio Sugestão Solicitação Simplifique