Dilma diz que não acredita em ruptura institucional no Brasil

01:59 Internacional, Notícias 19/10/2015 - 16h40 Brasília Embed

Priscilla Mazenotti

Em viagem oficial à Suécia, a presidenta Dilma Rousseff afirmou não acreditar em processo de ruptura institucional no Brasil. Ao ser questionada sobre um possível processo de impeachment contra ela, Dilma acrescentou que o país é uma democracia em que os poderes funcionam de forma autônoma, mas com harmonia.

 

Dilma disse ainda que as dificuldades econômicas que o Brasil atravessa não são impedimentos para o negócio entre a FAB e a empresa sueca Saab, que fabrica os aviões Gripen. A presidenta lembrou que a Europa e os Estados Unidos passaram por uma crise econômica profunda em 2008 e 2009 e nem por isso contratos foram quebrados na época.

 

Durante entrevista coletiva, ao ser perguntada sobre a situação na Síria, Dilma criticou a intervenção militar russa e defendeu uma saída diplomática para o conflito, mas sem diálogo com o Estado Islâmico.

 

Dilma está em visita oficial à Suécia, onde participa de várias reuniões para ampliar a cooperação comercial e educacional. Depois, segue para a Finlândia.

Dê sua opinião sobre a qualidade do conteúdo que você acessou.

Para registrar sua opinião, copie o link ou o título do conteúdo e clique na barra de manifestação.

Você será direcionado para o "Fale com a Ouvidoria" da EBC e poderá nos ajudar a melhorar nossos serviços, sugerindo, denunciando, reclamando, solicitando e, também, elogiando.

Denúncia Reclamação Elogio Sugestão Solicitação Simplifique