Obama diz que combate ao terrorismo é prioridade dos EUA

01:29 Internacional, Notícias 13/01/2016 - 10h48 Atlanta (EUA) Embed

Leandra Felipe

O presidente Barack Obama começou o seu último discurso do estado da União, a prestação de contas anual que os presidentes dos Estados Unidos fazem desde George Washington, dizendo que o país tem a economia mais forte do mundo e que superou a crise de 2008.


Obama adotou um tom progressista e defendeu uma nova economia. Disse que é preciso pensar como regular grandes companhias e o mercado financeiro em prol de mais justiça e oportunidades iguais para os trabalhadores.


O presidente lembrou a retomada das relações diplomáticas com Cuba, após 50 anos de isolamento, e cobrou do Congresso a retirada do embargo econômico imposto aos cubanos.


Ele também voltou a dizer que vai fechar a prisão de Guantánamo.


Falando sobre o futuro na política externa, o presidente dos Estados Unidos frisou que nos próximos anos a prioridade é combater o terrorismo e eliminar o Estado Islâmico.


Mas ele condenou o radicalismo que vincula o grupo com a religião muçulmana. Disse que o país não deve adotar uma postura de isolamento baseada no medo.


Indiretamente, Obama confrontou as ideias do pré-candidato Donald Trump, que lidera a campanha entre os candidatos republicanos.


O presidente também defendeu que o país se comprometa em mudar a matriz de energia, baseada em petróleo, para fontes renováveis para amenizar as mudanças climáticas.

 

Leia mais na Agência Brasil.

Dê sua opinião sobre a qualidade do conteúdo que você acessou.

Para registrar sua opinião, copie o link ou o título do conteúdo e clique na barra de manifestação.

Você será direcionado para o "Fale com a Ouvidoria" da EBC e poderá nos ajudar a melhorar nossos serviços, sugerindo, denunciando, reclamando, solicitando e, também, elogiando.

Denúncia Reclamação Elogio Sugestão Solicitação Simplifique