Agência antidoping sugere exclusão da Rússia da Olimpíada

02:30 Internacional, Notícias 18/07/2016 - 22h22 Brasília Embed

Kariane Costa

A Agência Mundial Antidoping (Wada) divulgou nessa segunda-feira (18) um relatório independente que aponta o envolvimento do Ministério do Esporte da Rússia em um esquema de fraude no processo de controle de dopagem em atletas russos, durante Jogos de Inverno de Sochi, em 2014.

 

A agência recomenda ao Comitê Olímpico Internacional (COI) e ao Comitê Paralímpico Internacional que os atletas russos sejam excluídos da Olimpíada e dos jogos paralímpicos, do Rio de Janeiro. Além disso, pede que oficiais do governo russo sejam proibidos de frequentar as competições.

 

O relatório de 103 páginas chefiado pelo canadense Richard McLaren, aponta que o laboratório de Moscou operava para a proteção dos atletas russos pegos no anti-dopping, o sistema à prova de falhas foi apelidado no documento como o “Método do desaparecimento positivo”.

 

Segundo o documento, a manipulação de amostras tinha total apoio das autoridades locais. Pois, de acordo com a agência era o Ministério do Esporte que controlava e supervisionava a manipulação, o relatório confirma também a participação do Serviço de Segurança Federal e do Centro de Esportes Preparação de seleções da Rússia.

 

Em nota, o presidente do COI, Thomas Bach, disse que as conclusões do relatório mostram um ataque chocante e sem precedentes sobre a integridade do desporto e sobre os Jogos Olímpicos. E afirmou que não hesitará em tomar as sanções duras contra qualquer organização.

 

A nota afirma que nesta terça-feira, o Conselho Executivo do COI vai ser reunir para tomar as primeiras decisões que podem incluir medidas provisórias e Sanções.

 

Por sua vez, o presidente da Rússia, Vladimir Putin, afirmou que todos os dirigentes acusados de envolvimento em um escândalo de doping foram suspensos de seus cargos até que as investigações sejam concluídas.

 

No entanto, ele disse que a comunidade internacional é "testemunha" de um perigoso reaparecimento "da política que interfere no esporte".

 

No momento, apenas o atletismo da Rússia se encontra excluído da Olimpíada, a sanção foi aplicada pela Federação Internacional de Atletismo devido a diversos casos de doping na modalidade.

Deseja fazer algum tipo de manifestação?

Favor copiar o link do conteúdo ao apresentar sua sugestão, elogio, denúncia, reclamação ou solicitação.