Rio peruano contaminado por mercúrio continua sob monitoramento

00:57 Internacional, Notícias 01/08/2016 - 11h02 Brasília Embed

Maíra Heinen

O governo do Peru prorrogou decreto de emergência que havia sido publicado em maio devido a contaminação por mercúrio em 11 distritos no Departamento de Madre de Dios. A justificativa é que as condições sanitárias na região ainda persistem.


O decreto foi um dos últimos atos do governo de Ollanta Humala Tasso, antes de Pedro Pablo Kuczynski assumir a presidência do Peru.


O novo decreto vale por 60 dias. Neste período, os diversos ministérios devem executar as medidas necessárias para reabilitação da região.


Madre de Dios faz fronteira com a Amazônia Brasileira e abriga as nascentes dos principais rios do Acre.


Desde o decreto de maio, a informação é que os níveis de contaminação por mercúrio nas águas, peixes e na população, estão muito acima do permitido pela Organização Mundial de Saúde.


A contaminação é causada por práticas inadequadas de garimpo na região.

Dê sua opinião sobre a qualidade do conteúdo que você acessou.

Para registrar sua opinião, copie o link ou o título do conteúdo e clique na barra de manifestação.

Você será direcionado para o "Fale com a Ouvidoria" da EBC e poderá nos ajudar a melhorar nossos serviços, sugerindo, denunciando, reclamando, solicitando e, também, elogiando.

Denúncia Reclamação Elogio Sugestão Solicitação Simplifique