Rumba cubana e cerveja belga viram patrimônio da humanidade

01:04 Internacional, Notícias 03/12/2016 - 08h00 Denver (EUA) Embed

Gislene Nogueira

A Unesco reconheceu a cerveja da Bélgica como patrimônio cultural. A Organização das Nações Unidas para a Educação, a Ciência e a Cultura levou em conta a tradição de beber a cerveja e o fato de a bebida ser usada para cozinhar, produzir queijos e outros alimentos no país.

 

A Bélgica tem mais de 200 fábricas de cerveja e produz mais de 3 mil tipos diferentes da bebida. Trinta museus são dedicados ao tema no país.

 

A rumba cubana também ganhou status de Patrimônio Imaterial da Humanidade pela prática cultural que representa. A dança surgiu nos bairros pobres de Cuba e atravessou gerações.

 

A delegação cubana dedicou a conquista a Fidel Castro, líder da revolução cubana, que morreu na semana passada.

 

A lista contempla ainda a antiga tradição chinesa de dividir o movimento anual do sol em 24 segmentos. O calendário, criado 200 anos antes de Cristo, é usado mesmo hoje em dia por agricultores.

Dê sua opinião sobre a qualidade do conteúdo que você acessou.

Para registrar sua opinião, copie o link ou o título do conteúdo e clique na barra de manifestação.

Você será direcionado para o "Fale com a Ouvidoria" da EBC e poderá nos ajudar a melhorar nossos serviços, sugerindo, denunciando, reclamando, solicitando e, também, elogiando.

Denúncia Reclamação Elogio Sugestão Solicitação Simplifique