Peña Nieto reprova muro e diz a consulados mexicanos para reforçar proteção a imigrantes

01:07 Internacional, Notícias 26/01/2017 - 09h28 Paris Embed

Adriana Moysés, da Rádio França Internacional

Texto auxiliar: Enrique Peña Nieto, presidente do México, comenta decisão de Donald Trump de construir um muro na fronteira com os Estados Unidos. Segundo a Rádio França Internacional, em outro decreto, Trump cortou verbas federais para cidades que servem de proteção para imigrantes sem documentos. As cidades consideradas santuários, de acordo com a RFI, são Nova York, Newark, Boston - com significativa população de origem brasileira-, além de Los Angeles, Chicago e Austin.


Reportagem: O presidente mexicano Enrique Peña Nieto condena construção de muro da discórdia anunciado por Donald Trump e manda consulados mexicanos nos Estados reforçar a proteção aos imigrantes.

 

O presidente do México está sob pressão dos mexicanos e de líderes da oposição para cancelar visita prevista para o dia 31 de janeiro aos Estados Unidos depois de Trump assinar ontem (25) o decreto de construção do muro de 3,2 mil km que cobrirá toda a fronteira dos dois países. Em mensagem no Twitter, Peña Nieto lamentou e reprovou a decisão do republicano que, segundo ele, distante de unir, divide os dois países. Nieto também reafirmou que não pagará por qualquer muro.

 

Em resposta aos decretos de Trump, o presidente mexicano também ordenou que os 50 consulados do país nos Estados Unidos reforcem suas medidas de proteção e se convertam em autênticas defensorias dos direitos dos imigrantes mexicanos.

Dê sua opinião sobre a qualidade do conteúdo que você acessou.

Para registrar sua opinião, copie o link ou o título do conteúdo e clique na barra de manifestação.

Você será direcionado para o "Fale com a Ouvidoria" da EBC e poderá nos ajudar a melhorar nossos serviços, sugerindo, denunciando, reclamando, solicitando e, também, elogiando.

Denúncia Reclamação Elogio Sugestão Solicitação Simplifique