Trump demite procuradora-geral que desafiou decreto anti-imigração

00:53 Internacional, Notícias 31/01/2017 - 09h55 Paris Embed

Adriana Moysés, da Radio France Internacionale

Nos Estados Unidos Donald Trump começou a punir aqueles que discordam de seu decreto impedindo a entrada, no país, de refugiados e pessoas procedentes de sete países de maioria muçulmana.

 

Trump demitiu ontem a procuradora-geral interina Sallly Yates, nomeada por Barack Obama. Ela disse duvidar da legalidade e moralidade da ordem executiva presidencial. Trump considerou que Yates traiu o Departamento de Justiça.

 

Na sequência, ele também anunciou a demissão do chefe interino do setor de Imigração e Aduanas. Barack Obama rompeu seu silêncio e denunciou a discriminação fundada na crença ou religião. Os Democratas preparam ações contra o decreto.

 

Na agenda de nomeações, hoje nos Estados Unidos, o senador Jeff Sessions deve ser confirmado como novo secretário de Justiça e Trump deve anunciar também o nome de seu candidato a Suprema Corte americana.

Dê sua opinião sobre a qualidade do conteúdo que você acessou.

Para registrar sua opinião, copie o link ou o título do conteúdo e clique na barra de manifestação.

Você será direcionado para o "Fale com a Ouvidoria" da EBC e poderá nos ajudar a melhorar nossos serviços, sugerindo, denunciando, reclamando, solicitando e, também, elogiando.

Denúncia Reclamação Elogio Sugestão Solicitação Simplifique