Temer presta solidariedade ao povo espanhol; Itamaraty não tem notícias de vítimas brasileiras

02:54 Internacional, Notícias 17/08/2017 - 18h24 Brasília Embed

Samanta do Carmo

* Participação da repórter foi ao vivo.

 

As autoridades da Catalunha, região da Espanha onde fica a cidade de Barcelona, confirmam 13 pessoas mortas em um atropelamento que está sendo considerado atentado terrorista. Ao menos outras 80 pessoas ficaram feridas.

 

O atentado ocorreu por volta das cinco da tarde desta quinta-feira no horário local, meio dia no horário de Brasília. Uma van avançou contra pedestres em uma área turística, protegida contra carros, um tipo de calçadão que dá acesso a mercados, casas de shows e museus. O motorista teria fugido a pé após o ato e a polícia estabeleceu um amplo perímetro de segurança, fechando boa parte da zona central de Barcelona.

 

O brasileiro Rodrigo Airaf, que é jornalista e está a trabalho na região, não conseguiu retornar para seu hotel, que fica na área de segurança.

 

O Itamaraty, por meio de nota, informou que não tem notícias de brasileiros entre as vítimas. Pelo twitter, o presidente Michel Temer disse que o Brasil está consternado com o ataque em Barcelona e que se solidariza com o povo espanhol.

 

Duas pessoas já foram presas, de acordo com a Agência Reuters. Agora há pouco, a prefeita de Barcelona fez um pronunciamento. Ela agradeceu a solidariedade dos outros países, a rápida atuação dos órgãos de segurança e disse que nesta sexta-feira, ao meio-dia, será feito um minuto de silêncio na cidade, para mostrar que os catalães não tem medo.

 

O professor de relações internacionais da Universidade Católica de Brasília, Creomar de Souza, comenta que este tipo de atentado, usando veículos, é uma consequência do maior controle alfandegário feitos pelos países desde o 11 de setembro.

 

O grupo jihadista Estado Islâmico assumiu a autoria do atentado.

Dê sua opinião sobre a qualidade do conteúdo que você acessou.

Para registrar sua opinião, copie o link ou o título do conteúdo e clique na barra de manifestação.

Você será direcionado para o "Fale com a Ouvidoria" da EBC e poderá nos ajudar a melhorar nossos serviços, sugerindo, denunciando, reclamando, solicitando e, também, elogiando.

Denúncia Reclamação Elogio Sugestão Solicitação Simplifique