Irã ameaça aumentar capacidade de enriquecimento de urânio

01:17 Internacional, Notícias 05/06/2018 - 08h01 Lisboa Embed

Marieta Cazarré

O Irã ameaça retomar seu programa nuclear e aumentar a capacidade de enriquecer urânio. O líder do país, aiatolá Khamenei, disse que está preparado para retomar as atividades, caso o acordo nuclear de 2015 desmorone completamente.

 

No início do mês passado, o presidente americano Donald Trump anunciou a saída do acordo. Desde então, líderes europeus se esforçam para mantê-lo.

 

Khamenei impôs condições aos países europeus para que o acordo siga valendo. Entre elas, está a obrigatoriedade de protegerem as vendas de petróleo iraniano das sanções dos Estados Unidos. Além disso, bancos europeus devem proteger o comércio com o Irã; e Reino Unido, França e Alemanha devem se comprometer a não buscar negociações sobre o programa de mísseis balísticos do Irã, exigidas por Washington.

 

O líder supremo do Irã afirmou que, se Reino Unido, França e Alemanha não puderem atender às demandas, o país irá retomar sua capacidade de produzir hexafluoreto de urânio, um ingrediente chave para o enriquecimento.

 

O país pode comunicar sua decisão ainda hoje (5) à Agência Internacional de Energia Atômica.

Dê sua opinião sobre a qualidade do conteúdo que você acessou.

Para registrar sua opinião, copie o link ou o título do conteúdo e clique na barra de manifestação.

Você será direcionado para o "Fale com a Ouvidoria" da EBC e poderá nos ajudar a melhorar nossos serviços, sugerindo, denunciando, reclamando, solicitando e, também, elogiando.

Denúncia Reclamação Elogio Sugestão Solicitação Simplifique