Crise humanitária na Venezuela será tema de reunião em Bogotá

01:11 Internacional, Notícias 27/08/2018 - 13h01 Buenos Aires Embed

Mônica Yanakiew

Representantes dos governos do Equador, Peru e da Colômbia reúnem-se nesta segunda-feira (27), na capital colombiana Bogotá. O tema é a crise humanitaria na Venezuela, que nos últimos três anos expulsou 1,6 milhão de pessoas do país o que afetou vários paises da região, inclusive o Brasil.


Os imigrantes venezuelanos continuam fugindo do desabastecimento e da hiperinflacao, que deve chegar a 1.000.000% até o final do ano, segundo o Fundo Monetário Internacional (FMI).


Além da Venezuela, a Nicarágua também enfrenta uma crise política que está levando milhares de pessoas a se refugiar na vizinha Costa Rica.


Mais de 300 pessoas morreram em quatro meses de protestos contra o governo nicaraguense, entre eles uma estudante de medicina brasileira.


Outra brasileira, a documentarista Emília Melo, foi detida no sábado (25) quando se preparava para ir a uma marcha estudantil.


Ela foi levada ao Departamento de Imigrações da Nicarágua para ser deportada.


A Associação Nicaraguense de Cinematografia condenou o ato que considera ser uma tentativa do governo de censurar a informação.