Macri anuncia redução do número de ministérios e criação de imposto sobre exportações

01:01 Internacional, Notícias 03/09/2018 - 16h20 Buenos Aires (Argentina) Embed

Monica Yanakiew

O presidente da Argentina, Mauricio Macri, anunciou hoje que vai reduzir o número de ministérios pela metade  e vai cobrar um imposto as exportacões

 
As duas medidas fazem parte de um pacote para enfrentar a crise econômica, que começou em maio, com uma corrida cambial em junho, a Argentina fechou um acordo com o Fundo Monetário Interancional, de cinquenta bilhões de dólares, uma parte do dinheiro era para frear a disparada do dólar – que na semana passada voltou a subir.
 
Macri pediu ao fundo para rever o acordo e antecipar os desembolsos, em troca, ofereceu zerar o déficit no próximo ano ou seja, até 2019, o governo tera que equilibrar as contas de tal forma a não gastar mais do que arrecada.
 
As negociacões com o FMI começam amanhã. A Argentina terá uma  inflação de 30% até o final do ano. No último ano o peso argentino perdeu 100%  de seu valor.