Dia Mundial do Refugiado: semana será marcada por eventos para acolher estrangeiros

03:24 Internacional, Notícias 16/06/2019 - 15h18 São Paulo Embed

Eliane Gonçalves

Dia Mundial do Refugiado é celebrado em 20 de junho e a semana vai ser marcada por eventos para aproximar brasileiros e refugiados de diferentes países.

 

Silvie Mutsuene tinha uma vida na República Democrática do Congo. Mas a disputa política no país atingiu sua família com violência e, há cinco anos, ela buscou refúgio no Brasil. Não foi fácil sair de lá.

 

Sem falar português, nem conhecer a cultura brasileira e trazendo duas filhas pequenas, também não foi fácil quando aqui ela chegou.

 

Nesse sábado (15), Silvie e refugiados de outros países se reuniram para mostrar um pouco da cultura que eles trouxeram para o Brasil. Nas rodas de conversa, as pessoas trocaram experiências sobre como é viver no exterior. Os relatos eram tanto de refugiados no Brasil, como de brasileiros que imigraram.

 

O evento, chamado Portas Abertas, foi organizado pela Cáritas, instituição ligada à igreja católica que ajuda imigrantes e refugiados. Nilton Carvalho, do Centro de Referência para Refugiados da Cáritas, explica que o objeto é combater a xenofobia.

 

A atividade faz parte da programação que comemora o Dia dos Refugiados, celebrado em 20 de junho.

 

As atividades começaram nesse sábado em São Paulo, mas a programação inclui eventos em várias cidades.

 

Na segunda-feira (17), na capital paulista, vai ter roda de conversa sobre o livro “A Memória do Mar”, do escritor afegão Khaled Hoseini, com o jornalista e tradutor do livro, Pedro Bial, e a refugiada síria Rama Al Omari.

 

Na terça-feira (18), a conversa é com a comunidade venezuelana abrigada em Manaus, Boa Vista e Pacaraima, cidade de Roraima na fronteira com a Venezuela. Haverá também exposições fotográficas, feiras de artesanato e shows de calouros.

 

E no Dia Mundial do Refugiado, a agenda chega ao Rio de Janeiro com o evento “Rio Refugia”, promovido pela Caritas Arquidiocesana e o Sesc Rio, com feira gastronômica, shows e diferentes oficinas com refugiados.

Dê sua opinião sobre a qualidade do conteúdo que você acessou.

Para registrar sua opinião, copie o link ou o título do conteúdo e clique na barra de manifestação.

Você será direcionado para o "Fale com a Ouvidoria" da EBC e poderá nos ajudar a melhorar nossos serviços, sugerindo, denunciando, reclamando, solicitando e, também, elogiando.

Denúncia Reclamação Elogio Sugestão Solicitação Simplifique