Jovens refugiados concluem curso do CIEE e ONU para enfrentar mercado de trabalho no Brasil

02:39 Internacional, Notícias 07/06/2019 - 18h46 Brasília Embed

Larissa Abreu*

Jovens refugiados e migrantes se formaram, nesta sexta-feira (7), em um curso de capacitação profissional oferecido pelo Centro de Integração Empresa-Escola.

 

A iniciativa, que tem como objetivo preparar essas pessoas para o mercado de trabalho brasileiro, é uma parceria do CIEE com a Agência da ONU para Refugiados e o Instituto Migrações e Direitos Humanos. 

 

Nas oficinas, os 16 alunos de diferentes nacionalidades aprenderam a preparar currículo, postura e ética profissional, imagem pessoal e como se comportar durante uma entrevista de emprego. Como explica a Supervisora de Assistência Social do CIEE, Ranieri Adorno.

 

O congolês Omina Muri, de 40 anos de idade, conta que veio para o Brasil há seis anos fugindo de perseguições políticas. Para ele, a capacitação profissional vai trazer novas oportunidades. 

 

O Oficial de Meio de Vida da Agência da ONU, Paulo Sérgio de Almeida, ressalta a importância da inclusão desses jovens que estão recomeçando a vida no mercado de trabalho.

 

O curso não garante uma vaga de emprego, mas coloca os estudantes em prioridade no encaminhamento para as vagas que surgirem. Esta é a segunda turma de alunos refugiados que se forma neste ano, e ainda estão previstas outras formaturas até o final do mês, em Manaus e Roraima.

Dê sua opinião sobre a qualidade do conteúdo que você acessou.

Para registrar sua opinião, copie o link ou o título do conteúdo e clique na barra de manifestação.

Você será direcionado para o "Fale com a Ouvidoria" da EBC e poderá nos ajudar a melhorar nossos serviços, sugerindo, denunciando, reclamando, solicitando e, também, elogiando.

Denúncia Reclamação Elogio Sugestão Solicitação Simplifique