Para Unicef, 250 milhões de crianças no mundo estão desnutridas ou com sobrepeso

02:00 Internacional, Notícias 18/10/2019 - 16h20 Montevidéu, Uruguai Embed

Marieta Cazarré

Uma em cada três crianças, menores de 5 anos de idade, não cresce adequadamente, de acordo com o novo relatório do Fundo das Nações Unida para a Infância, o Unicef. O documento traz dados impressionantes como, por exemplo, de que há 250 milhões de crianças sofrendo de desnutrição ou sobrepeso no mundo.

 

Cento e quarenta e nove milhões de crianças, menores de 5 anos, têm atrasos no crescimento e 50 milhões delas estão com emagrecimento extremo.

 

Além disso, 340 milhões de crianças com menos de 5 anos sofrem pela falta de nutrientes essenciais, como vitamina A e ferro, o que prejudica a capacidade de crescerem e se desenvolverem satisfatoriamente. Quarenta milhões delas estão obesas ou com sobrepeso.

 

Nas áreas rurais e entre as famílias mais pobres, apenas uma em cada cinco crianças de até 2 anos de idade recebe o mínimo de nutrientes para um desenvolvimento cerebral adequado. Cerca de 45% delas não consomem frutas ou legumes e 60% não consomem ovos, leite, peixe ou carne.

 

Apenas 40% das crianças de até 6 meses são alimentadas exclusivamente com leite materno. Um número crescente de bebês é alimentado com fórmulas, em países de renda média ou média alta como Brasil, China e Turquia. As vendas de fórmula à base de leite cresceram 72%, entre 2008 e 2013.

 

Quarenta e dois por cento dos adolescentes bebem refrigerante pelo menos uma vez por dia e 46% consomem fast food, pelo menos uma vez por semana.

 

A má alimentação e o consumo de alimentos com poucos nutrientes e muitas calorias é o principal fator de risco de doenças para as crianças. O Unicef reforça a importância de que todos tenham acesso a alimentos nutritivos, seguros, acessíveis e sustentáveis.

Dê sua opinião sobre a qualidade do conteúdo que você acessou.

Para registrar sua opinião, copie o link ou o título do conteúdo e clique na barra de manifestação.

Você será direcionado para o "Fale com a Ouvidoria" da EBC e poderá nos ajudar a melhorar nossos serviços, sugerindo, denunciando, reclamando, solicitando e, também, elogiando.

Denúncia Reclamação Elogio Sugestão Solicitação Simplifique