Autoproclamada presidente da Bolívia promete convocar eleições "em breve"

01:35 Internacional, Notícias 18/11/2019 - 15h18 Montevidéu Embed

Marieta Cazarré

A autoproclamada presidente da Bolívia, Jeanine Áñez, afirmou que, muito em breve, anunciará a convocação de novas eleições e a recuperação da credibilidade democrática.


A Bolívia enfrenta quase um mês de manifestações nas ruas, um total de 23 mortos em conflitos e a preocupação com o desabastecimento das cidades. O bloqueio das estradas está levando à escassez de alimentos e combustíveis.


Sem definir uma data, a presidente disse que seu governo sabe da urgência de se realizar novas eleições. Os presidentes da Câmara e do Senado convocaram uma sessão para esta terça-feira, no intuito de dar início ao processo. Mas existe a possibilidade de convocação de eleições por decreto, caso as negociações no Legislativo não avancem.


A convocação de eleições por decreto já aconteceu uma vez na Bolívia e serve como jurisprudência para o atual governo.


Apesar de o governo e a oposição afirmarem que querem paz e diálogo, ainda não se sabe como o Congresso se posicionará nos próximos dias. O partido Movimento ao Socialismo, de Evo Morales, tem maioria tanto no Senado como na Câmara e pode barrar votações importantes, como a convocação de novas eleições, por exemplo.


As eleições gerais do dia 20 de outubro deste ano foram anuladas devido a irregularidades detectadas em uma auditoria da Organização dos Estados Americanos (OEA). No último dia 10, pressionado pelas Forças Armadas, Evo Morales renunciou e se exilou no México.

Dê sua opinião sobre a qualidade do conteúdo que você acessou.

Para registrar sua opinião, copie o link ou o título do conteúdo e clique na barra de manifestação.

Você será direcionado para o "Fale com a Ouvidoria" da EBC e poderá nos ajudar a melhorar nossos serviços, sugerindo, denunciando, reclamando, solicitando e, também, elogiando.

Denúncia Reclamação Elogio Sugestão Solicitação Simplifique