Grupo de Lima divulga declaração sobre a Venezuela

01:14 Internacional, Notícias 02/03/2020 - 13h50 Brasília Embed

Apresentação de América Melo

Os governos de Bolívia, Brasil, Canadá, Chile, Colômbia, Costa Rica, Guatemala, Honduras, Panamá, Paraguai, Peru e Venezuela, membros do Grupo de Lima, condenaram os atos de violência cometidos por grupos paramilitares do governo de Nicolás Maduro contra o autoproclamado presidente da Venezuela Juan Guaidó e a cidadãos que acompanhavam a cobertura, pela imprensa, de atos na cidade de Barquisimeto, estado de Lara.


Essa nova agressão deixou mais de uma dúzia de feridos, inclusive um menor de idade, que foi baleado.


Para os países que integram o Grupo de Lima, a ocorrência de atos de violência como esse se converteu em padrão sistemático de violação de direitos humanos pelo regime de Maduro.


Por isso, os países reiteraram que a situação é intolerável para a região, contraria os valores democráticos e não contribui para a solução da grave crise pela qual está a Venezuela está passando.


O Grupo de Lima reafirmou que o mecanismo para resolver a crise do país é uma eleição presidencial livre e justa.

Dê sua opinião sobre a qualidade do conteúdo que você acessou.

Para registrar sua opinião, copie o link ou o título do conteúdo e clique na barra de manifestação.

Você será direcionado para o "Fale com a Ouvidoria" da EBC e poderá nos ajudar a melhorar nossos serviços, sugerindo, denunciando, reclamando, solicitando e, também, elogiando.

Denúncia Reclamação Elogio Sugestão Solicitação Simplifique