AGU vai recorrer de decisão que libera radar móvel em rodovias, diz Bolsonaro

01:02 Justiça, Notícias 12/12/2019 - 12h11 Brasília Embed

Priscilla Mazenotti

O governo vai recorrer da decisão que liberou os radares móveis nas rodovias federais. O presidente Jair Bolsonaro informou que já determinou a Advocacia-Geral da União que recorresse.

 

Pelo Facebook, o presidente, inclusive, abriu uma enquete perguntando se as pessoas são a favor ou contra a volta dos radares móveis.

 

O uso de medidores de velocidade móveis e portáteis estava suspenso desde agosto, depois da publicação de um despacho do presidente Jair Bolsonaro, mas nessa quarta-feira (11), o juiz Marcelo Gentil Monteiro, da 1ª Vara Federal Cível do Distrito Federal, atendeu a um pedido liminar feito pelo Ministério Público Federal, argumentando que a falta dos radares pode causar danos à sociedade. Ele ainda estabeleceu prazo de 72 horas para que os equipamentos voltassem às estradas.

 

O recursos deverá ser encaminhado ao Tribunal Regional Federal da 1ª Região (TRF1), sediado em Brasília.

Dê sua opinião sobre a qualidade do conteúdo que você acessou.

Para registrar sua opinião, copie o link ou o título do conteúdo e clique na barra de manifestação.

Você será direcionado para o "Fale com a Ouvidoria" da EBC e poderá nos ajudar a melhorar nossos serviços, sugerindo, denunciando, reclamando, solicitando e, também, elogiando.

Denúncia Reclamação Elogio Sugestão Solicitação Simplifique