Casos de doenças de pele em presos de Monte Cristo vai parar na Justiça

01:24 Justiça, Notícias 13/02/2020 - 15h35 Brasília Embed

Maíra Heinen

O Ministério Público (MP) de Roraima entrou na Justiça com um mandado de segurança contra o secretário de Saúde de Roraima, Allan Garcês, devido ao surto de doença de pele entre detentos da Penitenciária Agrícola de Monte Cristo.

 

De acordo com o MP é possível concluir, por testes de amostragem, que mais de 600 pessoas estejam contaminadas com escabioses e micoses. Quase 100% dos detentos examinados foram diagnosticados doentes.

 

A recomendação é que todos os 2.123 presos sejam tratados com medicamentos de forma preventiva.

 

Além disso, o mandado de segurança exige que todos os presos passem por uma avaliação médica.

 

O pedido ainda não foi julgado. Também está pendente, desde o dia 20 de janeiro , o julgamento de um pedido de interdição parcial da penitenciária agrícola devido à superlotação e ao surto de doenças.

 

A Secretaria de Saúde disse, em nota, que só deve se pronunciar após a notificação. No entanto, ressaltou que tem prestado toda a assistência de saúde aos reeducandos da Penitenciária.

 

Também informou que já está em fase de definição um calendário de ações que contempla a realização de mutirões para o mapeamento e identificação de casos.

Dê sua opinião sobre a qualidade do conteúdo que você acessou.

Para registrar sua opinião, copie o link ou o título do conteúdo e clique na barra de manifestação.

Você será direcionado para o "Fale com a Ouvidoria" da EBC e poderá nos ajudar a melhorar nossos serviços, sugerindo, denunciando, reclamando, solicitando e, também, elogiando.

Denúncia Reclamação Elogio Sugestão Solicitação Simplifique