Famílias querem que empresa alemã seja co-responsável pela tragédia de Brumadinho

02:14 Meio Ambiente, Especiais 17/10/2019 - 13h24 Rio de Janeiro Embed

Raquel Junia

Famílias atingidas pelo rompimento da barragem da Vale, em Brumadinho, Minas Gerais,  ingressaram com uma queixa criminal na Alemanha contra a empresa certificadora alemã TÜV Süd. A informação foi divulgada, no Rio, pela Ong Justiça Global. Segundo a Organização Não Governamental, a TÜV SÜD contribuiu para a ocorrência da tragédia.

 

A  queixa criminal apresentada à Justiça Alemã alega que a empresa emitiu, em setembro de 2018, uma declaração de estabilidade para a barragem da Mina do Córrego do Feijão, que acabou se rompendo em janeiro deste ano, mesmo diante de diversos problemas de segurança que foram verificados e já apontavam a situação crítica da barragem de rejeitos. Diz o texto que a barragem apresentava índice de Fator de Segurança menor do que o previsto em normas internacionais.

 

Segundo o comunicado da Justiça Global, os denunciantes argumentam que essa Declaração de Segurança foi decisiva para que não fossem tomadas medidas de emergência com vistas a melhorar a segurança da estrutura. As famílias alegam, ainda que  o atestado da TÜV SÜD não seguiu critérios técnicos, mas sim comerciais, de interesse privado e da Vale, empresa responsábel pela barragem.

 

Ainda segundo a denúncia, o processo na Alemanha não altera a responsabilidade da mineradora Vale, mas coloca a TÜV SÜD como co-responsável pelas mortes e danos ambientais.

 

Além dos estragos ambientais incalculáveis, o rompimento da barragem de Brumadinho deixou um saldo de 251 mortos identicficados. 19 pessoas continuam desaparecidas até hoje.

 

Procurada pela reportagem, a empresa TÜV SÜD respondeu, por meio da assessoria de imprensa, que não vai comentar a queixa criminal procolada na Alemanha. No entanto, reitera que continua oferecendo sua total cooperação às autoridades e instituições envolvidas na apuração dos fatos.

Dê sua opinião sobre a qualidade do conteúdo que você acessou.

Para registrar sua opinião, copie o link ou o título do conteúdo e clique na barra de manifestação.

Você será direcionado para o "Fale com a Ouvidoria" da EBC e poderá nos ajudar a melhorar nossos serviços, sugerindo, denunciando, reclamando, solicitando e, também, elogiando.

Denúncia Reclamação Elogio Sugestão Solicitação Simplifique