Fogo no Pantanal já queimou área maior que Belo Horizonte

02:08 Meio Ambiente, Notícias 06/11/2019 - 16h28 Brasília Embed

Renata Martins

O combate aos incêndios florestais na região do Pantanal chegou ao 11º com aproximadamente 140 mil hectares atingidos pelas queimadas. A área atingida pelo fogo é maior que a capital mineira Belo Horizonte.

 

Agentes estaduais, com o apoio do Exército, Ibama, ICMbio e bombeiros de Mato Grosso e do Distrito Federal, combatem as chamas simultaneamente em várias áreas, como a região do Retiro Aroeira, da Fazenda Estrela e a região do Retiro Baía Bonita.

 

O fogo atinge o Pantanal nas cidades sul-mato-grossenses de Miranda, Corumbá, Bodoquena e Rio Negro.

 

Para o governo estadual, a situação fica ainda mais preocupante porque as condições climáticas não são favoráveis à redução dos focos de calor esta semana no Pantanal de Mato Grosso do Sul, por falta de chuvas, alta temperatura, baixa umidade e vegetação seca.

 

O fogo na região é combatido desde 26 de outubro e atinge parques, áreas de proteção ambiental e de preservação permanente do Pantanal.

 

O Ibama suspeita que os incêndios registrados em Mato Grosso do Sul foram provocados por ação humana. À Agência Brasil, o órgão informou que as autoridades competentes já abriram investigação para apurar as ocorrências.

 

O Corpo de Bombeiros Militar de Mato Grosso do Sul considera que a quantidade de focos de incêndio tem fortalecido a tese de que as queimadas sejam criminosas.

 

Dados do Inpe, o Instituto Nacional de Pesquisas Espaciais, mostram que de janeiro até os primeiros cinco dias de novembro deste ano, houve um aumento de 516% nos focos de incêndio no Pantanal se comparado ao mesmo período de 2018.

 

Na última sexta-feira (1º), o governo federal reconheceu a situação de emergência devido aos incêndios. O Ministério do Desenvolvimento Regional repassou R$ 470 mil para arcar com custos operacionais e logísticos do combate às queimadas na região.

Dê sua opinião sobre a qualidade do conteúdo que você acessou.

Para registrar sua opinião, copie o link ou o título do conteúdo e clique na barra de manifestação.

Você será direcionado para o "Fale com a Ouvidoria" da EBC e poderá nos ajudar a melhorar nossos serviços, sugerindo, denunciando, reclamando, solicitando e, também, elogiando.

Denúncia Reclamação Elogio Sugestão Solicitação Simplifique