Bolsonaro estuda transformar Conselho da Amazônia em ministério

02:44 Meio Ambiente, Notícias 13/02/2020 - 16h23 Brasília Embed

Sayonara Moreno

O presidente, Jair Bolsonaro, afirmou nesta quinta-feira (13) que estuda a proposta de transformar o Conselho Nacional da Amazônia em um Ministério Extraordinário.

 

A declaração foi feita assim que o presidente deixou o Palácio da Alvorada, ao lado do deputado federal Átila Lins, do PP do Amazonas. O parlamentar pediu ao presidente a mudança de status do conselho para ministério.

 

Atualmente, o Conselho da Amazônia é composto por 14 ministros e o vice-presidente, Hamilton Mourão, como presidente da entidade.

 

Perguntado sobre a ausência de governadores e secretários de Meio Ambiente, Bolsonaro argumentou que o excesso de pessoas pode não trazer resultados efetivos aos desafios ligados ao assunto.

 

O presidente ainda comentou as especulações de troca no comando da Casa Civil da Presidência da República. Questionado sobre a possibilidade de substituir o atual ministro, Onyx Lorenzoni, pelo general Braga Neto - que liderou a intervenção federal no Rio de Janeiro, em 2018 –, Bolsonaro disse que o general tem capacidade para ser cotado “para qualquer coisa”.

 

Ainda no Alvorada, o presidente Bolsonaro confirmou a informação de que vai se reunir com o presidente da Argentina, Alberto Fernandez, no dia 1º de março, data da posse do presidente eleito no Uruguai, Luis Lacalle Pou.

 

Sobre viagens internacionais, Bolsonaro anunciou que está fechando a agenda para visita a três países, ainda no primeiro semestre deste ano: Polônia, Hungria e Itália.

Dê sua opinião sobre a qualidade do conteúdo que você acessou.

Para registrar sua opinião, copie o link ou o título do conteúdo e clique na barra de manifestação.

Você será direcionado para o "Fale com a Ouvidoria" da EBC e poderá nos ajudar a melhorar nossos serviços, sugerindo, denunciando, reclamando, solicitando e, também, elogiando.

Denúncia Reclamação Elogio Sugestão Solicitação Simplifique