Pesquisa mostra que 68% dos brasileiros usam aplicativo de mobilidade após beberem

02:06 Pesquisa e Inovação, Notícias 14/05/2019 - 21h44 Rio de Janeiro Embed

Tatiana Alves

Sessenta e oito por cento dos brasileiros que consomem bebidas alcoólicas deixaram de dirigir após beber e passaram a usar aplicativos de mobilidade nessas ocasiões.

 

É o que mostra uma pesquisa feita pelo Datafolha para o Observatório Nacional de segurança viária.

 

O objetivo é chamar atenção para a campanha do Maio Amarelo - iniciativa global de sensibilização em relação à segurança no trânsito e redução de acidentes.

 

O levantamento também aponta que 83% dos brasileiros concordam que os aplicativos de mobilidade contribuíram com a diminuição de mortes no trânsito, assim como 81% consideram que as plataformas deixaram o trânsito mais seguro.

 

Segundo o Datafolha, a mudança de comportamento pode ser observada principalmente por 75% dos jovens até 24 anos, faixa etária que mais usa aplicativos quando consome bebida alcoólica.

 

Entre a população de 60 anos ou mais o percentual de adesão é de 59%.

 

De acordo com o estudo, a utilização dos apps de mobilidade para ir a festas, restaurantes e comemorações chegam a 49% entre os residentes das regiões metropolitanas do país.

 

E, o principal motivo de metade dessas pessoas é o medo de assaltos e de acidentes envolvendo bebida e direção.

 

A opção pelo uso também se dá pela praticidade e precisão que os aplicativos de transporte particular trazem aos clientes, como destaca o presidente da instituição, José Ramalho.

 

Dados do Ministério da Saúde divulgados no ano passado apontam que o número de óbitos em acidentes de trânsito caiu 17% de 2012 para 2016, mesmo ano da chegada dos aplicativos de transporte privado ao brasil.

Dê sua opinião sobre a qualidade do conteúdo que você acessou.

Para registrar sua opinião, copie o link ou o título do conteúdo e clique na barra de manifestação.

Você será direcionado para o "Fale com a Ouvidoria" da EBC e poderá nos ajudar a melhorar nossos serviços, sugerindo, denunciando, reclamando, solicitando e, também, elogiando.

Denúncia Reclamação Elogio Sugestão Solicitação Simplifique