"Temos que melhorar o ensino de ciência na escola", diz Pontes

03:08 Pesquisa e Inovação, Notícias 22/10/2019 - 09h58 Brasília Embed

Victor Ribeiro

Imagina pegar o óleo de cozinha usado para fazer sabão em casa. E resolver o cubo mágico, aquele todo colorido, em poucos segundos. Parece difícil, né?

 

Mas a Semana Nacional de Ciência e Tecnologia, que vai até domingo (27), tem a missão de mostrar que todos os dias nós podemos fazer ciência, como explicou o ministro da Ciência, Tecnologia, Inovação e Comunicações, Marcos Pontes.

 

Um dos exemplos é o óleo de cozinha. Muitas vezes a gente joga fora sem saber que vai poluir a água, o solo ou entupir o encanamento. A estudante de Engenharia de Energia na Universidade de Brasília, Letícia Pedrosa, destacou que é importante levar o óleo, mesmo que seja pouco, para os pontos de coleta.

 

Um dos destinos possíveis é transformar esse óleo em biodiesel. Combustível! O outro, é usar para fazer sabão. Quem participar da Semana Nacional de Ciência e Tecnologia, em Brasília, vai poder aprender a receita do sabão com a Letícia.

 

Outra forma de lidar com o conhecimento é usar algo que parece um simples brinquedo para despertar o interesse por programação de sistemas. Fernando Vieira é ex-aluno da Universidade de Brasília, a UnB, e pesquisou o uso do cubo mágico. Para ele, montar os cubos coloridos exige a mesma habilidade que criar um aplicativo, por exemplo.

 

Agora, você que está me ouvindo não acha que eu iria sair de lá sem aprender a montar o cubo mágico, né? O Fernando me disse que resolve em até 10 segundos, pelo Método Fridrich. Mas, disse, que é melhor começar pelo Método de Camadas.

 

Ele diz que, dessa forma, dá para montar o cubo mágico em um ou dois minutos.

 

A Semana Nacional de Ciência e Tecnologia ocorre desde 2004, sempre no mês de outubro. Nesta 16ª edição, tem atividades até domingo, em mais de 1.500 municípios, em todo o Brasil.

Dê sua opinião sobre a qualidade do conteúdo que você acessou.

Para registrar sua opinião, copie o link ou o título do conteúdo e clique na barra de manifestação.

Você será direcionado para o "Fale com a Ouvidoria" da EBC e poderá nos ajudar a melhorar nossos serviços, sugerindo, denunciando, reclamando, solicitando e, também, elogiando.

Denúncia Reclamação Elogio Sugestão Solicitação Simplifique