Universo: Engenheira aeroespacial brasileira é escolhida pela ESA para missão simulada à Lua

06:57 Pesquisa e Inovação, Programetes 25/10/2019 - 06h34 Brasília Embed

Adrielen Alves

Quem nunca quis viajar pelo espaço? Ser um astronauta? E chegar até a Lua ou até mesmo ir a Marte? Aposto que esse é o desejo, hoje, de muitas crianças e até de adultos no mundo todo.

 

E é também o sonho da brasileira Ana Paula Castro de Paula Nunes, engenheira aeroespacial, formada pela Universidade de Brasília. E olha que ela está bem perto de alcançar seu objetivo.

 

Ana Paula é a única brasileira selecionada para ser astronauta em uma missão simulada da ESA, a Agência Espacial Europeia. Batizada de EuroMoonMars in Hi-Seas, a missão será realizada no deserto do Havaí, durante duas semanas, em dezembro deste ano. O estudo vai simular condições semelhantes às da Lua, um prato cheio para a brasileira.

 

Sonora: “Ser uma astronauta de simulação vai me permitir experimentar como é viver na Lua ou em Marte de um ângulo muito realista. E especialmente em profissões como arquitetura e engenharia aeroespacial esse é um passo muito importante para compreender missões de grande porte. Gosto do espaço porque ele me dá uma perspectiva muito realista e ampla sobre nossa vida aqui na Terra. Quem não gostaria de ser um astronauta?”

 

A missão da ESA selecionou jovens profissionais de várias nacionalidades. Dos seis escolhidos, cinco são mulheres. Ana Paula fala que ter a maioria da tripulação feminina nesta missão, ao mesmo tempo que é um exemplo do aumento da participação das mulheres na ciência e na astronomia, é também um estímulo.

 

Sonora:  ‘’Acreditamos que é crucial mostrar que as mulheres podem ter tanto sucesso no campo científico quanto os homens. Com a nossa tripulação quase toda feminina é um ótimo exemplo desse desenvolvimento moderno da ciência espacial. Outro grande exemplo foi a recente caminhada espacial feminina. Foi um marco. Temos um longo caminho a percorrer, mas acredito que com educação e maior representatividade das mulheres na ciência, mais meninas vão insistir nos seus objetivos científicos. Importante que os pais apoiem essa decisão.”


Mas e como será viver como astronauta? Nesta simulação em um ambiente lunar, a engenheira fala que a tripulação fará experimentos, inclusive, psicológicos. Ana Paula conta pra gente como vai ser essa rotina.

 

Sonora: “A nossa missão é a segunda campanha do projeto em inglês EuroMoonMars in Hi-Sea, da Agência Espacial Europeia. Neste local, alguns astronautas da Nasa treinam pra suas missões. ....A equipe vai se reunir na Holanda para workshops e treinamentos e em 5 de dezembro a equipe vai se reunir no Havaí para o último treinamento antes de entrar no habitat. A partir de 9 de dezembro, por duas semanas, a nossa equipe vai viver e pesquisar uma missão lunar simulada. Isso quer dizer viver como astronauta, comer comida de astronauta, deixar o habitat só com traje espacial para atividade extraveicular e realizar vários experimentos científicos. Nós vamos fazer alguns estudos abordando alguns fatores psicológicos em um habitat lunar. Por exemplo, ficar isolado interagindo apenas com seis pessoas, falta de ar fresco, banhos curtos, além de outros fatores.”


Tudo pela ciência! Cada integrante terá 50% da missão custeada pela ESA, os outros 50% ficam a cargo de cada profissional selecionado. E a nossa representante brasileira está fazendo uma campanha para conseguir participar da missão simulada. O desejo de Ana Paula é voltar cheia de experiências e ser uma multiplicadora desse valioso conhecimento científico.

 

Sonora: “Eu espero poder participar desse projeto e trazer oportunidades para futuros estudantes ou jovens profissionais no setor aeroespacial do Brasil, mostrando que eles também podem fazer parte de grandes projetos como este. Eu fico muito feliz de trazer visibilidade positiva para o Brasil, mas para eu poder participar desta missão preciso arrecadar o valor mínimo, cerca de R$ 16 mil. Seria ideal se eu pudesse contar com agências do governo, instituições de ensino e até mesmo com o setor privado.”

 

Então vamos lá. Não é uma oportunidade única? Anote aí. O endereço para o site de arrecadação é https://www.vakinha.com.br/vaquinha/me-ajude-a-ser-astronauta-numa-missao-espacial-simulada

 

E quem quiser saber mais sobre a missão pode acessar https://www.facebook.com/emmihs2/

 

 

Universo:  Apresenta temas ligados à astronomia com o objetivo de explicar, de forma didática, as principais teorias do universo e descobertas científicas ligadas ao espaço. Ouça aqui os programas já veiculados da série.

Dê sua opinião sobre a qualidade do conteúdo que você acessou.

Para registrar sua opinião, copie o link ou o título do conteúdo e clique na barra de manifestação.

Você será direcionado para o "Fale com a Ouvidoria" da EBC e poderá nos ajudar a melhorar nossos serviços, sugerindo, denunciando, reclamando, solicitando e, também, elogiando.

Denúncia Reclamação Elogio Sugestão Solicitação Simplifique