No DF, polícia e companhia de água se unem para identificar locais de maior consumo de drogas

02:13 Pesquisa e Inovação, Notícias 11/01/2020 - 12h48 Brasília Embed

Victor Ribeiro

O consumo de cocaína e seus derivados, como o crack, por exemplo, já pode ser medido pelas forças de segurança pública em todas as regiões do DF.

 

 

O estudo foi desenvolvido pela Universidade de Brasília tem parceria com a Caesb, Companhia de Saneamento Ambiental do Distrito Federal, e outros órgãos.

 

 

O exame é feito a partir de substâncias expelidas pelo organismo de usuários de drogas através da urina e que chegam ao esgoto.

 

 

O diretor de Operação e Manutenção da Caesb, Carlos Eduardo Borges, disse que a coleta é feita por medidores automáticos.

 

 

O diretor afirmou ainda que a companhia tem condição de identificar os locais onde o consumo de drogas é maior no DF.

 

 

O diretor acrescentou que futuramente os derivados da maconha também serão identificados.

Dê sua opinião sobre a qualidade do conteúdo que você acessou.

Para registrar sua opinião, copie o link ou o título do conteúdo e clique na barra de manifestação.

Você será direcionado para o "Fale com a Ouvidoria" da EBC e poderá nos ajudar a melhorar nossos serviços, sugerindo, denunciando, reclamando, solicitando e, também, elogiando.

Denúncia Reclamação Elogio Sugestão Solicitação Simplifique