Enterro de Eduardo Campos leva 160 mil às ruas de Recife

02:20 Política, Notícias 17/08/2014 - 19h50 Recife Embed

Kéthuly Góes, Universitária FM

(manchete atualizada às 20h08)

O domingo que o Recife não esperava testemunhar foi marcado por homenagens de todos os tipos e de todas as gentes ao ex-governador de Pernambuco Eduardo Campos. Morto em acidente aéreo ocorrido em Santos, São Paulo, na quarta-feira, 13 de agosto, junto com 6 assessores de sua campanha à Presidência da República, Eduardo foi lembrado em faixas, cartazes, camisetas, flores, canções, bandeiras, lágrimas e orações.


As demonstrações de carinho se espalharam do Palácio do Campo das Princesas, sede do governo do estado, onde o corpo foi velado, até o cemitério de Santo Amaro, local do sepultamento. Um grito de despedida marcou vários momentos do velório, do cortejo e do sepultamento no Centro do Recife. As vozes aclamavam: “Eduardo, guerreiro do povo brasileiro”.


Levado ao cemitério em carro do Corpo de Bombeiros, o caixão de Eduardo Campos foi sepultado no início da noite, ao lado do túmulo do avô, o também ex-governador Miguel Arraes. A Polícia Militar calcula que 160 mil pessoas participaram do adeus ao político que governou Pernambuco por sete anos, depois de ter atuado como deputado e ministro da República.


Caravanas de admiradores de todo o estado, incluindo estudantes da rede pública, indígenas e sem-terra já assentados, além de grupos vindos de Alagoas e da Paraíba, participaram da missa de corpo presente, realizada pela manhã, em memória das sete vítimas da tragédia.


Na página oficial do PSB na internet, permanece a mensagem de luto. O recado para a militância é de que o partido tomará as decisões pertinentes ao processo eleitoral assim que julgar oportuno. Mas, durante o velório, os comentários davam como certa a indicação de Marina Silva como nova candidata à Presidência da República. A candidatura deverá ser oficializada nesta quarta-feira.


Aqui no Recife, a viúva do ex-governador, Renata Campos, convocou para esta segunda-feira um encontro com militantes e lideranças políticas da Frente Popular. Renata Campos pretende pedir aos membros do PSB que se empenhem na defesa do legado do ex-governador.

Leia mais na Agência Brasil

Dê sua opinião sobre a qualidade do conteúdo que você acessou.

Para registrar sua opinião, copie o link ou o título do conteúdo e clique na barra de manifestação.

Você será direcionado para o "Fale com a Ouvidoria" da EBC e poderá nos ajudar a melhorar nossos serviços, sugerindo, denunciando, reclamando, solicitando e, também, elogiando.

Denúncia Reclamação Elogio Sugestão Solicitação Simplifique