STF autoriza Polícia Federal a investigar políticos citados em lista

01:17 Política, Notícias 10/03/2015 - 09h25 Brasília Embed

Karol Assunção

As autorizações assinadas pelo ministro do Supremo Tribunal Federal (STF) Teori Zavascki para abertura de investigações dos políticos citados nos inquéritos da Operação Lava Jato já começam a chegar na Polícia Federal.

 

A Procuradoria Geral da República (PGR) pede a quebra de sigilo fiscal e telefônico dos acusados. Os políticos mencionados nas investigações da Lava Jato também podem ser convocados para prestar depoimentos. A Polícia Federal já reforçou o número de policiais com experiência em combate à lavagem de dinheiro, desvios de verbas públicas e crimes financeiros que vão atuar nos inquéritos. A PF tem um mês para concluir as investigações, mas o prazo pode ser prorrogado por mais 30 dias.


Depois das investigações, a Procuradoria vai decidir se formaliza ou não o pedido de abertura de ação penal no Supremo.


Se a denúncia for aceita, os ministros podem chamar testemunhas de defesa no processo. Os acusados também vão poder apresentar defesas e depois vão ser julgados pelos ministros. Em caso de condenação, os envolvidos podem entrar com recurso. A Procuradoria Geral da República também poderá recorrer em caso de absolvição.

Dê sua opinião sobre a qualidade do conteúdo que você acessou.

Para registrar sua opinião, copie o link ou o título do conteúdo e clique na barra de manifestação.

Você será direcionado para o "Fale com a Ouvidoria" da EBC e poderá nos ajudar a melhorar nossos serviços, sugerindo, denunciando, reclamando, solicitando e, também, elogiando.

Denúncia Reclamação Elogio Sugestão Solicitação Simplifique