Movimentos sociais protestam em Brasília pela reforma agrária

01:07 Política, Notícias 13/04/2015 - 07h50 Brasília Embed

Jéssica Gonçalves

Integrantes do FNL, Frente Nacional de Luta Campo e Cidade, estão reunidos em Brasília para uma mobilização em defesa da reforma agrária e contra a PEC 215, que muda as regras de demarcação de terras indígenas.

 

Representantes da CUT, Central Única dos Trabalhadores, do MBST, Movimento Brasileiro dos Sem Terra e da Confederação Nacional da Agricultura Familiar estão acampados na capital desde a última sexta-feira. Nesse domingo, se uniram ao movimento quilombolas e indígenas tupinambás e pataxós que vieram da Bahia.

 

Na tarde de hoje, o grupo vai se reunir com o presidente da Câmara dos Deputados, Eduardo Cunha. Na terça e na quarta-feira eles prometem fazer manifestações na Esplanada dos Ministérios.

 

De autoria do ex-deputado Almir Sá, de Roraima, a Proposta de Emenda Constitucional 215 transfere a competência da União na demarcação das terras indígenas para o Congresso Nacional. A PEC também possibilita a revisão das terras já demarcadas. Outra mudança seria nos critérios para a demarcação destas áreas, que passariam a ser regulamentados por lei, e não por decreto como acontece atualmente.

Dê sua opinião sobre a qualidade do conteúdo que você acessou.

Para registrar sua opinião, copie o link ou o título do conteúdo e clique na barra de manifestação.

Você será direcionado para o "Fale com a Ouvidoria" da EBC e poderá nos ajudar a melhorar nossos serviços, sugerindo, denunciando, reclamando, solicitando e, também, elogiando.

Denúncia Reclamação Elogio Sugestão Solicitação Simplifique